Mais Destinos em São Paulo Mais Destinos em São Paulo

+ Destinos






[favoritos]

Turismo em São Paulo

São Paulo

São Paulo – Mergulhe com vontade na vida noturna de São Paulo e confira suas centenas de bares, tranquilos ou agitados, danceterias, boates, teatros, cinemas, espetáculos, shows, danças de todos os tipos, choperias e tudo o mais que você possa imaginar.

São Paulo não nega a mania pelo trabalho e a vocação para negócios. Com muito esforço, os paulistas conseguiram fazer de São Paulo o Estado mais importante economicamente da América Latina. Mas o Estado paulista não é só isso. Além das milhares atrações culturais, São Paulo também oferece as melhores opções de turismo.

Banhado pelo Atlântico, o litoral paulista tem 622 quilômetros pontilhados por praias dos mais diversos tipos e tamanhos. No litoral norte as praias se espalham em torno de municípios como Bertioga, São Sebastião, Caraguatatuba e Ubatuba, e em ilhas como a Ilhabela, paraíso de surfistas e velejadores. No litoral sul, em torno das cidades de Iguape e Cananéia, onde também estão preservadas algumas áreas naturais mais importantes do planeta, como a Estação Ecológica Juréia-Itatins e a Ilha do Cardoso, no Logamar – Complexo Estuarino Lagunar de Iguape, Cananéia, Antonina e Paranaguá.

Separando o litoral do planalto paulista, a escarpa da serra do mar, em plena mata atlântica, foi um grande obstáculo a ser vencido em séculos passados. Hoje, esta porta de entrada para o interior do Estado é foco de atenção da Reserva da Biosfera da Mata Atlântica e de outras organizações que buscam a preservação deste ecossistema que está reduzido, no País, a 5% de sua extensão original. Interior adentro, o turista vai encontrar estâncias, turismo rural, ecológico, cidades com clima europeu, cachoeiras, cavernas, rios, serras, fontes de água mineral, parques naturais, construções históricas dos séculos XVI, XVII, XVIII, igrejas em arquitetura jesuíta e sítios arqueológicos.

Já a capital paulista é outro monumental local de opções turísticas. Só o turismo de negócios proporciona mais de 45 mil eventos por ano. Na capital, alguns lugares você não pode deixar de visitar. A Bela Vista (bairro italiano), a Liberdade (bairro oriental) e as ruas comerciais: 25 de Março (árabe) e José Paulino (israelita). Nesses lugares você poderá ter uma boa noção da variedade de imigrantes que vieram se instalar para alegrar e desenvolver ainda mais São Paulo.

#MaisDestinos; @MaisDestinos; #Turismo; #MaisDestinosSc; #Viajar; #Viagem;

Colunista

Rafael Vianna CroffiA cidade oferece também uma intensa vida artística e cultural. Nenhum passeio pela cidade estará completo sem uma visita aos centros culturais e aos museus, cujos acervos mantêm obras de grandes pintores internacionais e dos maiores artistas nacionais. Se você gosta de monumentos históricos, não deixe de conhecer as igrejas da cidade, especialmente o Convento Nossa Senhora da Luz, construído em 1579.

Gastronomia

São milhares de restaurantes, só na cidade de São Paulo, servindo comidas típicas de todas as regiões do Brasil e de todos os países do mundo, satisfazendo do mais simples ao mais requintado paladar. Se você quiser comida afrodisíaca tem. Há também comida chinesa, vietnamita, escandinava, japonesa, crioula, marroquina, árabe, judaica, enfim, absolutamente tudo é encontrado e a qualquer hora do dia ou da noite. Mas, antes disso, se o turista quiser sentir e degustar aromas dos mais exóticos é só dar uma passada no Mercado Municipal de São Paulo.

O “Mercadão”, como é conhecido, fica em um dos prédios mais representativos da arquitetura praticada no período de florescimento da cultura de café no Estado. Foi inaugurado em 1933 e projetado por F. Ranzini e E. Debenedetti, arquitetos italianos vinculados ao escritório técnico de Ramos de Azevedo. Situado em uma área de 22.230 m², foi o mais importante mercado de São Paulo. Destaque para a série de grandes vitrais que retratam lavouras e atividades pecuárias. Outra pedida para ver tudo que existe em matéria de hortifrutigranjeiros é dar uma passada na Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo (Ceagesp) – maior entreposto do país.

Festas Típicas

Em Juquitiba, Santa Isabel, São José dos Campos, Joanópolis, Atibaia, Piracaia e muitas outras localidades por todo o Estado, acontece a Dança de São Gonçalo, diante do altar do santo, com a função de pagar promessa, sem data determinada. Inicia-se com reza cantada por todo o público, em solo e coro, sem instrumentos, tirada pelo capelão (pessoa que conhece os cânticos e tem boa voz). Na dança, cantam os violeiros, especialmente convidados e especialistas na função. Na festa de Corpus Christi, confeccionam-se tapetes florais, com motivos religiosos, que cobrem as ruas a serem percorridas pela procissão.

No mês de abril dá-se a romaria a Bom Jesus de Pirapora, quando milhares de pessoas a cavalo, a pé, em carroças, de bicicleta, atualmente com carros e até motos, dirigem-se ao santuário do Bom Jesus para pedir proteção à lavoura e agradecer graças recebidas. Partem caravanas do bairro de Santo Amaro, na capital, mas o maior contingente é oriundo da cidade de Caucaia do Alto.

No dia 13 de maio comemora-se a libertação dos escravos, em Cotia, com concentração de Congadas, Moçambiques, Marujadas. Realiza-se um cortejo encabeçado por personagem representando a Princesa Isabel. Outra forma de rememorar o fato histórico é com a dança do Batuque, como em Tietê.

Muitas são as festas religiosas dos santos e orixás das religiões da cultura africana: umbanda e candomblé. A principal é a de Iemanjá, orixá do mar, a 8 de dezembro, na Praia Grande. É uma romaria em que milhares de fiéis prestam homenagem à rainha do mar, por meio de oferendas jogadas na água e prática dos rituais de culto, na praia. Muito festejados são também os Ibejis ou Erês, protetores das crianças (sincretizados em Cosme e Damião), com rituais a elas destinados, no mês de setembro, principalmente na capital.

O folclore paulista é rico em festas, religiosas ou não, com danças, teatro, música, procissões, comidas especiais, indumentárias e tudo quanto a elas se relacione.Com certeza, enumerar todas é impossível, devido ao caráter dinâmico de nossa cultura.

Porém, se o turista não quiser se aventurar na cozinha, São Paulo oferece milhares de opções para todo tipo de paladar.

São milhares de restaurantes, só na cidade de São Paulo, servindo comidas típicas de todas as regiões do Brasil e de todos os países do mundo, satisfazendo do mais simples ao mais requintado paladar. Se você quiser comida afrodisíaca tem. Há também comida chinesa, vietnamita, escandinava, japonesa, crioula, marroquina, árabe, judaica, enfim, absolutamente tudo é encontrado e a qualquer hora do dia ou da noite. Mas, antes disso, se o turista quiser sentir e degustar aromas dos mais exóticos é só dar uma passada no Mercado Municipal de São Paulo.

O “Mercadão”, como é conhecido, fica em um dos prédios mais representativos da arquitetura praticada no período de florescimento da cultura de café no Estado. Foi inaugurado em 1933 e projetado por F. Ranzini e E. Debenedetti, arquitetos italianos vinculados ao escritório técnico de Ramos de Azevedo. Situado em uma área de 22.230 m², foi o mais importante mercado de São Paulo. Destaque para a série de grandes vitrais que retratam lavouras e atividades pecuárias. Outra pedida para ver tudo que existe em matéria de hortifrutigranjeiros é dar uma passada na Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo (Ceagesp) – maior entreposto do país.

Em Juquitiba, Santa Isabel, São José dos Campos, Joanópolis, Atibaia, Piracaia e muitas outras localidades por todo o Estado, acontece a Dança de São Gonçalo, diante do altar do santo, com a função de pagar promessa, sem data determinada. Inicia-se com reza cantada por todo o público, em solo e coro, sem instrumentos, tirada pelo capelão (pessoa que conhece os cânticos e tem boa voz). Na dança, cantam os violeiros, especialmente convidados e especialistas na função. Na festa de Corpus Christi, confeccionam-se tapetes florais, com motivos religiosos, que cobrem as ruas a serem percorridas pela procissão.

No mês de abril dá-se a romaria a Bom Jesus de Pirapora, quando milhares de pessoas a cavalo, a pé, em carroças, de bicicleta, atualmente com carros e até motos, dirigem-se ao santuário do Bom Jesus para pedir proteção à lavoura e agradecer graças recebidas. Partem caravanas do bairro de Santo Amaro, na capital, mas o maior contingente é oriundo da cidade de Caucaia do Alto.

No dia 13 de maio comemora-se a libertação dos escravos, em Cotia, com concentração de Congadas, Moçambiques, Marujadas. Realiza-se um cortejo encabeçado por personagem representando a Princesa Isabel. Outra forma de rememorar o fato histórico é com a dança do Batuque, como em Tietê.

Muitas são as festas religiosas dos santos e orixás das religiões da cultura africana: umbanda e candomblé. A principal é a de Iemanjá, orixá do mar, a 8 de dezembro, na Praia Grande. É uma romaria em que milhares de fiéis prestam homenagem à rainha do mar, por meio de oferendas jogadas na água e prática dos rituais de culto, na praia. Muito festejados são também os Ibejis ou Erês, protetores das crianças (sincretizados em Cosme e Damião), com rituais a elas destinados, no mês de setembro, principalmente na capital.

O folclore paulista é rico em festas, religiosas ou não, com danças, teatro, música, procissões, comidas especiais, indumentárias e tudo quanto a elas se relacione.Com certeza, enumerar todas é impossível, devido ao caráter dinâmico de nossa cultura.

Porém, se o turista não quiser se aventurar na cozinha, São Paulo oferece milhares de opções para todo tipo de paladar.

Colunista

Colunista

São Paulo

São Paulo
Sudeste > São Paulo

Uma metrópole superlativa em tudo, inclusive na diversidade. Efervescente caldeirão de estilos e culturas onde convivem pessoas de mais de 70 nacionalidades
Santos

Santos
Sudeste > São Paulo

Cidade de praia, privilegiada pelo sol e mar de águas calmas, com infraestrutura de metrópole e repleta de belezas e atrações para todas as idades
Ilhabela

Ilhabela
Sudeste > São Paulo

Sinônimo de flora exuberante e fauna rica em diversidade, a beleza local é completada por suas 42 praias de diferentes estilos e cachoeiras abundantes
Campos do Jordão

Campos do Jordão
Sudeste > São Paulo

Campos de Jordão é famosa por seu clima de serra, com características semelhantes às dos melhores climas europeus de altitude

Corpo de Bombeiros 193
Defesa Civil 199
Polícia Civil 147
Polícia Militar 190
Pronto-Socorro 192

DDD (São Paulo – Capital): 11

Aeroporto Internacional de Cumbica 6445-2945
Detran 154
Disque-Meio Ambiente 0800 0113560
Disque-Saúde 3066-8000
EMTU – Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos 0800-190088
Energia Elétrica 0800 7272196
Ibama 0800 618080
Metrô 3286-0111
Ônibus – Reclamações 0800 155234
Procon 151
SUNAB 198
Verde e Meio Ambiente 3372-2200
Vigilância Sanitária 3350-6624

Colunista

Nota Geral

9.6
  • 6.9
  • 9.4
  • 9.7
  • 9.5
  • 8.9
  • 9.2
  • 9.0
  • 9.8

Média

9.1

Avalie-nos

Suas avaliações e comentários são importantes.

Nota Geral

  • 0
  • 0
  • 0
  • 0
  • 0
  • 0
  • 0
  • 0